11.jpg12.jpg13.jpg14.jpg15.jpg16.jpg17.jpg18.jpg19.jpg20.jpg21.jpg22.jpg23.jpg24.jpg25.jpg26.jpg

Reverências ao odor de terra que trago nas mãos. 

Feste Religiose

 Espero que esteja ao agrado dos protagonistas das situações e também dos jovens, de modo  que possam compreender  as suas raízes culturais  e o espírito do passado.

 Que a nossa proposta de valores os mantenham firmes em sua essência e que possam enriquecer ainda mais o famoso dito  popular:‘ far l’ America’. Sei que escrever e  salvar as memórias é um trabalho um tanto quanto difícil de conseguir e, certamente,  mais difícil ainda  quando feito na solidão, no interno da consciência. Mas não posso deixar de fazê-lo: por tantos que aqui deixam seu testemunho, conhecimento e reflexão no amplo campo sócio-cultural.

   Se preservar o que aprendi; se determinados argumentos se mostram úteis à manutenção da cultura que sempre amei; se pode ser traduzido como um meio de  divulgação dos princípios  de responsabilidade, coerência e amor  do nosso povo, então a minha decisão é valida. O conhecimento comunicado através da divulgação, pode se transformar na passagem através das consciências e das identidades culturais, mais que em simples expressão de saudosismo ou conformismo: pode verdadeiramente assinalar a maturidade crítica e a aceitação de uma nova identidade: Vênetos Brasileiros. A minha identidade de Vêneta Brasileira, só compreendi quando estive a ponto de perdê-la;  aprendi a sentí-la forte dentro de mim quando, na Itália, foi colocada em discussão.  Observar e compreender  foi e é estrada obrigatória.

   Não é possível  esquecer ou simplesmente deixar de lado uma tão grande área plena de sensibilidade coletiva. O que vejo é que todas as Associações ou Entidades Culturais, Governo, novas leis e novos projetos, se colocam no jogo contemporaneamente e, como acontece freqüentemente nesse caso, as cartas estão tão misturadas  e não se sabe como nem com quem devemos jogar. Mas como sou conhecida por teimosa, não saio do jogo porque eu sei a quem dizer: Bravo! E eu grito, não apenas falo: Bravos, ítalos gaúchos! Bravos Vênetos Brasileiros! Bravos!!!

PARLEMO TALIAN!

 

Leia mais:Feste Religiose

 
Copyright © 2009 Solange Maria Soccol. Todos os direitos reservados.
Proibido copiar ou reproduzir este material sem autorização.
Criação: Uniserra.Com